Care Technology Used by Nurses in the Mental Health Services: Integrative Review

Authors

  • Yanna Gomes de Sousa
  • Soraya Maria de Medeiros
  • Ana Luisa Brandão Lira
  • Isabelle Katherinne Fernandes
  • Alessandra Rodrigues Feijão
  • Ana Elisa Pereira Chaves
  • Aline Dannyele Souza de Oliveira
  • Danielle Rezende Ferreira
  • Xênia Alves Freire
  • Marília Souto de Araújo

DOI:

https://doi.org/10.3823/2067

Keywords:

Nursing care, Health technology, Psychiatric nursing.

Abstract

The importance of knowing the technologies used in mental health services and the urgency of their recognition for the development of psychiatric nursing care is highlighted in the scientific literature on care technologies.

Objetivo: To know the types of technologies that nurses have developed or used in mental health care services.

Method: Literature integrative review carried out in the databases BDENF, LILACS, SciELO, PubMed, and MEDLINE, using the nursing keywords, health technology, and psychiatric nursing. There were 16 articles selected, included in the period 2000 to 2015.

Results: It was identified that in psychiatric nursing care, there are two types of technologies used: soft and soft-hard with emphasis on the soft technology. As soft technologies, there is health education of the patient, bond, care, therapeutic groups and qualified listening. As the soft-hard technologies, there are home visits, medical care, nursing process, nursing care management and nursing process.

Conclusion: It was concluded that the care technologies are a reality in nursing care practice, experiencing the challenge to keep up with the technological development without neglecting the ethical and humanitarian aspects intrinsic to the profession. It was realized the care improvement in the area of psychiatric nursing provided by the technology care.

 

Author Biographies

Yanna Gomes de Sousa

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

Soraya Maria de Medeiros

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

Ana Luisa Brandão Lira

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

Isabelle Katherinne Fernandes

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

Alessandra Rodrigues Feijão

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

Ana Elisa Pereira Chaves

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

Aline Dannyele Souza de Oliveira

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

Danielle Rezende Ferreira

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

Xênia Alves Freire

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

Marília Souto de Araújo

Universidade Federal do Rio Grande do Norte -UFRN

References

Diego B, Jacileide G, Arnoldo MFN de, Andiara BAC de. Reforma psiquiátrica brasileira: conhecimentos dos profissionais de saúde do serviço de atendimento móvel de urgência. Esc. Anna Nery [Internet]. 2013 June [cited 2015 Nov 06]; 17 2): 227-233.

Amarante P. Saúde Mental e Atenção psicossocial. Rio de Janeiro: Fiocruz; 2007

Maria DLC de, Agnes O. Fazeres dos enfermeiros em uma unidade de internação psiquiátrica de um hospital universitário. Rev. bras. enferm. [Internet]. 2011 Aug [cited 2015 Out 05] ; 64( 4 ): 698-703.

Maia AR, Erdmann AL, Carraro TE, Radunz V. Princípios do Cuidar. In: O Processo de Cuidar, Ensinar e Aprender o Fenômeno das Drogas: A redução das demanda. Módulo 04. Curso de Especialização no Fenômeno das Drogas. Florianópolis (SC): UFSC - Departamento de Enfermagem; 2003.

Nietsche EA. Tecnologia emancipatória: possibilidade para a práxis de enfermagem. Ijuí: Ed. UNIJUÃ; 2000.

Merhy EE. et al. Em busca de ferramentas analisadoras das tecnologias em saúde: a informação e o dia a dia de um serviço, interrogando e gerindo trabalho em saúde. In: Merhy EE. Praxis en salud un desafío para lo publico. São Paulo: Hucitec, 1997.

Correa MB. Tecnologia In: Cattani AD, organizador. Trabalho e Tecnologia: dicionário crítico. 2ª ed. Petrópolis (RJ): Vozes; 1999. p. 251-57

Broome ME. Integrative literature reviews for the development of concepts. In Rodgers BL, Knafl KA. Editors. Concept Development in Nursing. W.B. Saunders Co., Philadelphia, PA.1993; pp. 231-50.

Whittemore R, Knafl K. The integrative review: updated methodology. J Adv Nurs [Internet]. 2005 [acesso em 01 nov 2015];52(5):546-53.

Souza MT, Silva MD, Carvalho R. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein. 2010; 8(1):102-6.

Ramos IC. Promoção da saúde mental de adolescentes renais crônicas : a tecnologia leve no cuidado de enfermagem. 2013. 160 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2013.

Adriana F. et al. Estudo das experiências da reforma psiquiátrica - Concepções de sujeito, comunidade e práticas terapêuticas. Rev. Mnemosine Vol.6, nº1, p. 111-133 (2010)

Gonçalves RW, Vieira FS, Delgado PGG. Política de Saúde Mental no Brasil: evolução do gasto federal entre 2001 e 2009. Rev. Saúde Pública [Internet]. 2012 Feb [cited 2015 Dez 09] 46( 1)51-58.

Galera SAF, Luiz MAV. Principais conceitos da abordagem sistêmica em cuidados de enfermagem ao indivíduo e sua família. Rev Esc Enferm USP. 2002;36(2):141-7.

Kantorski LP, Pinho LB de, Saeki T, Souza MCBM e. Relacionamento terapêutico e ensino de enfermagem psiquiátrica e saúde mental: tendências no Estado de São Paulo. Rev. esc. enferm. USP [Internet]. 2005 Sep [cited 2016 Jan 10] ; 39( 3 ): 317-324.

Barros S, Oliveira MAF de, Silva ALA e. Práticas inovadoras para o cuidado em saúde. Revista da Escola de Enfermagem da USP, [Internet]. 2007 [cited 2015 Dez 09] v. 41, p. 815-819.

Kirschbaum DIR, Paula Flora PKC de. Contradições no discurso e na prática do trabalho de enfermagem nos serviços-dia de saúde mental. Rev. esc. enferm. USP [Internet]. 2002 June [cited 2016 Jan 09] ; 36( 2 ): 170-176.

Jormfeldt H, Svedberg P, Arvidsson B. Nurses conceptions of how health processes are promoted in mental health nursing. J Psychiatr Ment Health Nurs. 2003 Oct;10(5):608-15.

Silveira MR da, Alves M. O enfermeiro na equipe de saúde mental: o caso dos CERSAMS de Belo Horizonte. Rev. Latino-Am. Enfermagem [Internet]. 2003 Oct [cited 2015 Dez 12]; 11( 5 ): 645-651.

Antonio JA de, Emília ACM, Angélica MA de. Atuação do enfermeiro nos centros de atenção psicossocial: implicações históricas da enfermagem psiquiátrica | Rev. Rene, Fortaleza, v. 10, n. 2, abr./jun.2009

Sueli CV de, Maria CM. A prática de enfermagem em serviços abertos de saúde mental. Rev. enferm. UERJ, Rio de Janeiro, 2008 out/dez; 16(4):501-6.

Vládia JSJ dos, Mônica L, Mônica ON de.

A (re) invenção de tecnologias no contexto dos centros de atenção psicossocial: recepção e atividades grupais. Mental, vol. VI, núm. 11, julio-diciembre, 2008, pp. 125-143

Jannie B, Theo DCD, Wim VH. Nursing Interventions in Crisis-oriented and Long-term Psychiatric Home Care. Scandinavian Journal of Caring Sciences Volume 13, Issue 1, pages 41–48, March 1999

Francischetti APR, Kirschbaum DIR. O processo de trabalho de enfermagem em unidade de internação psiquiátrica. REME rev. min. enferm;4(1/2):41-46, jan.-dez.2000.

Luciane PK, Leandro BP de, Jacqueline S de, Fernanda M. Resgatando ações de enfermagem psiquiátrica e saúde mental na produção científica. Cogitare Enferm 2008 Jan/Mar; 13(1):109-17

Downloads

Published

2016-08-22

Issue

Section

Psychiatry & Mental Health

Most read articles by the same author(s)

<< < 1 2